Após encontro marcado pela internet, jovem mata jogadora de e-sports em SP e publica fotos nas redes

Carlos Irving

Active Member
Registrado
Lá vem outra história de doido...
Mas duvido que agora um juiz irá proibir a venda do jogo Call of Duty Mobile, pois no passado tentaram proibir o Carmageddon, lembram?

Uma jogadora de Call Of Duty Mobile de 19 anos foi assassinada na última segunda-feira, 22, por outro jogador que conheceu nas redes sociais no bairro de Pirituba, Zona Norte de São Paulo. Ingrid Oliveira Bueno da Silva, que usava o codinome “Sol” para jogar, tinha conhecido o suspeito, Guilherme Alves Costa, de 18 anos, no mês de janeiro e foi morta a facadas na casa dele no primeiro encontro que tiveram fora das redes. A vítima foi esfaqueada até a morte e, em seguida, o suspeito publicou imagens do assassinato no grupo de um clã de games no WhatsApp. Em nota, o Gamers Elite, dono do grupo no qual Guilherme publicou o vídeo da vítima, afirmou que informou o ocorrido às autoridades e pediu para que todos os participantes não compartilhassem as imagens. “Nossa organização jamais compactuou com qualquer ato criminoso de nenhum modo e jamais irá compactuar ou fazer apologias ao mesmo”, diz trecho do documento.


Segundo a Polícia Civil de São Paulo, viaturas foram chamadas ainda na tarde da segunda-feira pelo irmão do suspeito, que encontrou o corpo da vítima em casa. Guilherme fugiu e teria tentado cometer suicídio depois do assassinato, mas desistiu após pedidos do irmão, que o levou à delegacia. No local, ele confessou que tinha planejado o crime e disse que conheceu a vítima pela internet há pouco mais de um mês. Além do celular do suspeito, o arquivo digital de um livro que ele teria escrito explicando o porquê de ter cometido o crime foi apreendido pela polícia. Segundo os responsáveis pelo grupo de WhatsApp para qual ele enviou o livro e fotos do crime, a produção do suspeito tinha “mensagens de ódio contra cristãos” e “aceno ao terrorismo”. O caso foi registrado na 87ª Delegacia de Polícia como homicídio qualificado.

Fonte:

 

Andromeda's Ryder

Quid Est Veritas?
Registrado
Lá vem outra história de doido...
Mas duvido que agora um juiz irá proibir a venda do jogo Call of Duty Mobile, pois no passado tentaram proibir o Carmageddon, lembram?

Uma jogadora de Call Of Duty Mobile de 19 anos foi assassinada na última segunda-feira, 22, por outro jogador que conheceu nas redes sociais no bairro de Pirituba, Zona Norte de São Paulo. Ingrid Oliveira Bueno da Silva, que usava o codinome “Sol” para jogar, tinha conhecido o suspeito, Guilherme Alves Costa, de 18 anos, no mês de janeiro e foi morta a facadas na casa dele no primeiro encontro que tiveram fora das redes. A vítima foi esfaqueada até a morte e, em seguida, o suspeito publicou imagens do assassinato no grupo de um clã de games no WhatsApp. Em nota, o Gamers Elite, dono do grupo no qual Guilherme publicou o vídeo da vítima, afirmou que informou o ocorrido às autoridades e pediu para que todos os participantes não compartilhassem as imagens. “Nossa organização jamais compactuou com qualquer ato criminoso de nenhum modo e jamais irá compactuar ou fazer apologias ao mesmo”, diz trecho do documento.


Segundo a Polícia Civil de São Paulo, viaturas foram chamadas ainda na tarde da segunda-feira pelo irmão do suspeito, que encontrou o corpo da vítima em casa. Guilherme fugiu e teria tentado cometer suicídio depois do assassinato, mas desistiu após pedidos do irmão, que o levou à delegacia. No local, ele confessou que tinha planejado o crime e disse que conheceu a vítima pela internet há pouco mais de um mês. Além do celular do suspeito, o arquivo digital de um livro que ele teria escrito explicando o porquê de ter cometido o crime foi apreendido pela polícia. Segundo os responsáveis pelo grupo de WhatsApp para qual ele enviou o livro e fotos do crime, a produção do suspeito tinha “mensagens de ódio contra cristãos” e “aceno ao terrorismo”. O caso foi registrado na 87ª Delegacia de Polícia como homicídio qualificado.

Fonte:


Monstro, ainda tem que ouvir piadinha de um monte de animal escroto sobre o caso. :facepalm::velho:
 

Carlos Irving

Active Member
Registrado
Monstro, ainda tem que ouvir piadinha de um monte de animal escroto sobre o caso. :facepalm::velho:

Acho que o cara não se conformou de ter perdido 1 partida no jogo de uma mulher bonita. Será que foi isso?
 

vito92

O conhecimento destrói mitos.
Registrado
Ele pode pegar de 6 a 10 anos, mas não dou 2 anos para tá na rua de novo, é uma pena, nessas horas tinha que ter pena de morte, ainda mais que o cara já confessou e claramente é uma pessoa que não pode viver em sociedade
 

vito92

O conhecimento destrói mitos.
Registrado
Mas nesse caso é qualificado mesmo. No corpo da noticia diz que ele planejou mata-la.

30 anos ainda é pouco pra esse lixo fica preso
Não sei, vi uma advogada qualquer falando que poderia ser simples
 

Carlos Irving

Active Member
Registrado
Mas nesse caso é qualificado mesmo. No corpo da noticia diz que ele planejou mata-la.

30 anos ainda é pouco pra esse lixo fica preso

No Brasil, não investem em cadeias. Falta cadeia para por muita gente presa, seja
o crime que for! O sistema judiciário é corrupto!
Não compensa para o governo construir mais cadeias, pois o mesmo terá mais gastos e não terá
retorno financeiro, já que aqui não é um país patriótico como nos EUA, por ex.

Esse caso aí, o cara pegaria prisão perpétua ou pena de morte, conforme o Estado americano.:oops:
 

rbatist

Member
Registrado
Cara, os trechos do livro desse cara se assemelham e muito com alguns usuários racistas que já foram banidos aqui. BIZARRO.

Rapaz de mente vazia, totalmente analfabeto funcional e ignorante em todos os assuntos que tratou. E o pior de tudo é a certeza de que está pleno e com toda razão. É o mais profundo nível de alienação que já vi na minha vida.
 

brender

Member
Registrado
Prisão perpetua é o mínimo

 

grand0rbiter

...
Registrado
Cara, os trechos do livro desse cara se assemelham e muito com alguns usuários
Pior que me veio na mente um usuário em particular daqui (não é racista pelo que eu saiba), mas fala exatamente as mesmas coisas.

Mas entre ser um niilista depressivo que se acha mais inteligente que todos pra ser um niilista depressivo assassino tem um salto enorme.

Engraçadão vc cara, sensibilidade 0...
Pois é. Lembrei porque esse usuario ta no ignore aqui.
 

DunhaMaster

¯\_(ツ)_/¯
Registrado

doentasso miserável, tomara que deem um cacete bem dado nele na cadeia.
Vendo esse tipo de vídeo me faz apoiar ainda mais que, em alguns casos específicos, a pena de morte deve ser a punição. Olha a cara do sujeito, olha como ele se porta, olha como ele responde. Isso ai tem recuperação? Que pessoa com o mínimo de noção teria coragem de daqui poucos anos (que é provavelmente o tempo que esse pedaço de lixo vai ficar preso, alguns anos) conviver com esse verme?

Ah, e chamar esse merda de "menino"? O arrombado já é maior de idade, caralho.
 

givemeatip

Você deve manter a calma. Você tem que continuar!
Registrado
Um horror. Mas eu sou contra a pena de morte, a morte poderia dar mais liberdade ainda para ele praticar maldades (exceto se for o caso das hierarquias espirituais o transferirem logo para outro planeta, como já estão fazendo com muitos criminosos). Melhor mantê-lo isolado fisicamente e aplicar nele terapias holísticas variadas para ver se muda algo nessa frequência vibracional baixíssima que ele se encontra.
 

Andromeda's Ryder

Quid Est Veritas?
Registrado

Ainda de acordo com a Policia Civil, foi o irmão do suspeito que encontrou Sol já desmaiada e vítima de várias facadas. A Policia Militar foi acionada para atender a ocorrência e o óbito foi constatado pela equipe de resgate.

As apurações iniciais dos policiais indicam que Guilherme fugiu após ferir a vítima e que a intenção dele era cometer suicídio na sequência, o que não aconteceu após o irmão convencê-lo de se entregar à polícia.

Ao ser questionado sobre o crime cometido no momento em que se entregou, Guilherme garantiu que a sanidade mental estava completamente apta e que assassinou Sol porque quis. Veja o momento, abaixo.

Na delegacia, ele confessou ter matado Sol e explicou que conheceu a jogadora no jogo há pouco mais de um mês. O crime, de acordo com a polícia, foi premeditado, com o suspeito chegando a escrever um livro no qual explicou os objetivos e os motivos que o levaram a assassinar a jogadora da FBI E-Sports. O caso foi registrado como homicídio qualificado.
 

Deamon

Good boye
Registrado
O cara é gamer
O cara consegue convencer outra mina gamer a ir na casa dele (e a mina é gatinha)
Ao invés de fazer qualquer outra coisa com ela, resolve matar
Se bobear deve ser virjão ainda
:facepalm:
--- Post duplo é unido automaticamente: ---

A cara do meliante:
guilherme-alves-costa.png
 
Última edição:

dudugames

Active Member
Registrado
Todos com probleminha, ele com mais, por ter matado ela
e Ela ir na casa dele no primeiro encontro?
queria encontrar o que? fazer o que? só jogar no quarto ?

Daqui a pouco a record faz uma reportagem sensacionalista e no dia seguinte algum politico lixo inventa algo pra fuder com os videogames
 

Usuários que está vendo este tópico

Topo