Ministro do Planejamento anunciará em janeiro programa de banda larga

não quero um nome

New Member
Registrado
O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, informou hoje que anunciará em janeiro um programa de popularização da banda larga no Brasil, usando todas as fibras ópticas que compõem a rede Eletronet. "A internet é uma dívida que o País tem", disse, ao participar do programa "Bom Dia Ministro", produzido pela Empresa Brasileira de Comunicação (EBC). Ele lembrou que o governo ganhou na Justiça o direito de assumir o controle de toda a fibra óptica não utilizada e que estava sob a gestão da massa falida da Eletronet. "Tem uma rede de fibra ótica ao longo das linhas de transmissão em todo o Brasil, cerca de 17 mil quilômetros, e vamos começar o trabalho no primeiro semestre para colocar esta rede para funcionar", disse.

Segundo o ministro, a ideia é oferecer banda larga a instalações públicas como escolas e hospitais, mas o governo poderá permitir que provedores de internet usem a rede, pagando pela exploração, para oferecerem banda larga em pequenas cidades. "Hoje a banda larga não é larga, é meio larga, é banda estreita, é caríssima e não é oferecida em todo território nacional. Seria importante que as empresas atentassem que há um grande mercado potencial de consumidores em todo Brasil que pode ser atendido. Elas podem explorar isso com muito mais ousadia do que fazem hoje", argumentou.

Bernardo contou que quando viaja para localidades como Salvador ou Barra da Tijuca, no Rio, o modem da sua banda larga fica em 10% da velocidade prometida pela empresa. O ministro disse ainda que fora dos grandes centros, a internet ainda é acessada por linha discada, sendo obrigada a compartilhar o espaço de voz.

"Nós não queremos ocupar o espaço das empresas. Nós queremos que a banda larga seja oferecida para todo País. O que não pode é as empresas não oferecerem o serviço e acharem que o governo também não pode", afirmou Bernardo. Segundo ele, se as empresas tiverem disposição para trabalhar em cooperação com o governo serão bem-vindas. "Não podemos prescindir do trabalho e da tecnologia que estas empresas têm", afirmou. Dentro do governo o assunto já provocou uma divisão sobre a reativação da Telebrás para assumir o comando da rede.

Desonerações

Bernardo disse também que o consumidor brasileiro não deve esperar novas desonerações de produtos em 2010. Segundo ele, as medidas adotadas este ano para estimular o consumo diante da crise financeira mundial não devem ter continuidade no próximo ano. "Nós adotamos medidas que foram satisfatórias, mas não há a ideia de ficar fazendo este tipo de ação. Tínhamos de apostar numa reforma tributária. Isso sim vai trazer uma carga tributária mais justamente distribuída entre os contribuintes", defendeu.

Bernardo disse que em 2009 havia o risco de colapso em vários setores, como na indústria automobilística que representa quase 25% do PIB industrial. "Acho que essa política que fizemos serviu para um período crítico", avaliou. "Eu não esperaria em 2010 novas desonerações."

http://g1.globo.com/Noticias/Econom...CIARA+EM+JANEIRO+PROGRAMA+DE+BANDA+LARGA.html

nada de muito novo, mas dá pra ver que tá chegando o bagulho, e tomára que as porcarias (bOi, Telecômica...) não possam usar essa porra de rede

eletronet_01.jpg




foda que o ES tá fora dessa rede, que buuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
 
Última edição:

Gradius2

Consultor TI/TIC
Registrado
Se passar dos 256Kbits vai sem um MILAGRE, já que para o governo e CIA, banda larga é "200Kbps e já tá bom demais". :cry:
 

tropaR

New Member
Registrado
Quais seriam as provaveis velocidades ofertadas nesse plano do governo? Já que as operadoras de telefonia têm uma influência($$$) absurda, não acredito q o governo tenha coragem de desagradá-las muito.
 
Última edição:

GantZ

New Member
Registrado
Me impressionei com essa parte : "Hoje a banda larga não é larga, é meio larga, é banda estreita, é caríssima e não é oferecida em todo território nacional."

Mass na pratica eles acham que 200kbps é suficiente! O minimo do minimo idela hj seria 1Mb
 

Pennant

Preciso reaprender
Registrado
Se passar dos 256Kbits vai sem um MILAGRE, já que para o governo e CIA, banda larga é "200Kbps e já tá bom demais". :cry:

Mas o plano da casa civil é entregar a ultima milha, e se fala em 80bilhões pra essa ultima milha, o que da idéia de que o governo vai fazer FTTH ou seja, 200k em FTTH = loucura!

Mas já estão deixando as empresas entrarem no fim vai ser verba extra pra essas empresas e que se foda o resto. Esse PNBL esta mais para o Plano Nacional Pegadinha ou Plano Nacional Palhaçada.
 

ChacalSG

Well-Known Member
Registrado
Eu gostaria de saber aonde foi parar o projeto PLC?? Até foi aprovado, mais parece que ficou esquecido em algum canto. Por essas e outras que eu não acredito nesse "projeto" do governo.

Aliás, eu não acredito em nada que tenho o governo no meio. :ras:
 

não quero um nome

New Member
Registrado
não é possível que eles ofereçam menos de 1 mega, ai já é pra humilhar memos, uma rede gigante e poderosa e os cornos venderem menos que o mínimo do ridículo (1mb)?
 

Pennant

Preciso reaprender
Registrado
Eu gostaria de saber aonde foi parar o projeto PLC?? Até foi aprovado, mais parece que ficou esquecido em algum canto. Por essas e outras que eu não acredito nesse "projeto" do governo.

Aliás, eu não acredito em nada que tenho o governo no meio. :ras:

Depende só da ANEEL agora, ja que as concessionárias de energia não aceitaram os termos que a ANEEL impôs então agora ela tem que rever.
 

kiku cheroso

New Member
Registrado
Plano eleitoreiro em ano de eleição, prefiro acreditar em Papai Noel, Coelho da Páscoa do que estas medidas que ao invés de melhorar ou corrigir, só servem pra desviar dinheiro e colocar em campanhas politicas.

Sobre a velocidade, o ideal seria no mínimo 1mb mesmo, pois velocidade menor que isso é sofrivel hj em dia.
 

Etdet

Misterioso "D"
Registrado
velocidade tao baixa assim???

pqp governo so corrupção, guardando dinheiro so pra eles.. sei la o que mais

perdi tanta fé no brasil por causa disso!!
 

revolts2

New Member
Registrado
como comentado anteriormente, este plano é patetico.

pagar por 16 mil km sendo que eles podem ter 600 mil km por um preço menor, se o objetivo deles é melhorar primeiro precisam parar de pensar no proprio bolso, bando de politicos que estragam o brasil.

para informações verdadeiras acesse:
http://www.wirelessbrasil.org
 

Pennant

Preciso reaprender
Registrado
como comentado anteriormente, este plano é patetico.

pagar por 16 mil km sendo que eles podem ter 600 mil km por um preço menor, se o objetivo deles é melhorar primeiro precisam parar de pensar no proprio bolso, bando de politicos que estragam o brasil.

para informações verdadeiras acesse:
http://www.wirelessbrasil.org

Cara antes de reestatizar a Embratel tem que se pensar nos problemas que isso vai gerar, não é chegar, pagar 500US$ pro Carlos Slim e pega ela de novo. Não tem motivos pra se pegar a Embratel.
 

daresgn

Member
Registrado
Isso será feito como na época das dentaduras, rsrsrs, ano eleitoral prometem Deus e o mundo depois que se elegem esquecem do que prometeram. Anotem aí
 

Gradius2

Consultor TI/TIC
Registrado
Mas o plano da casa civil é entregar a ultima milha, e se fala em 80bilhões pra essa ultima milha, o que da idéia de que o governo vai fazer FTTH ou seja, 200k em FTTH = loucura!

Sem falar os puxa-sacos-vendidos falando.

Infeliz: "Cara, tenho 200kbps em FTTH do governo !"
Outro infeliz: "É duca!"

Se quer 1mbps, está sonhando demais. Imagine que a NET quer vender Banda Larga Popular (200Kbps) por R$ 29,80:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u670036.shtml

IMAGINE o que será do governo!
 

Usuários que está vendo este tópico

Topo