Vivo fibra - [ Tópico Dedicado ]

Continua após a publicidade

Status
Não esta aberto para novas mensagens.

Continua após a publicidade

thomaz_br

Active Member
Registrado
Por curiosidade, o telefone fixo fornecido pela Telefonica no serviço é fornecido via par trançado a partir da rede convencional ou já vem do ONT da conexão de fibra?
 

TIGOS

Tem que transar pra isso acontecer.
Registrado
Liguei no 0800 do Speedy Fibra,

Ja tem na minha rua aqui na Mooca (perto do Bras) mas não tem a infra no prédio, nisso falaram pra sindica entrar em contato com eles para verificar a viabilidade de instalaçao da infra.

Vamos verrrrr...
 

J. Augusto F

Família é tudo!!!
Registrado
Acho que o Speedtest está completamente maluco hoje. Teste do Fibra 15Mbps:
1861053435.png
 

perubira

Active Member
Registrado

j4nus

Active Member
Registrado
Liguei no 0800 do Speedy Fibra,

Ja tem na minha rua aqui na Mooca (perto do Bras) mas não tem a infra no prédio, nisso falaram pra sindica entrar em contato com eles para verificar a viabilidade de instalaçao da infra.

Vamos verrrrr...

fica em cima deles que é uma dor de cabeça isso..
 

j4nus

Active Member
Registrado
bom meu endereço minha rua no caso ja esta aparecendo no site que tem fibra optica (speedy fibra)
na minha região... porem falei com os atendentes eles fazem a infra-estrutura do predio de graça
porem é interesse dos moradores.. para solicitarem... quer dizer ainda vou ficar sem o serviço rsrsrs...
 

celso_j

New Member
Registrado
Boa noite.
Alguém está tendo a mesma experiência que eu?
No site www.euquerofibra.com.br eu consigo colocar o pedido, ou seja, TVA Fibra está disponivel. Faço o pedido.
Depois de semana(s) sem contato, ligo para o serviço de atendimento e me informam que não tenho disponibilidade técnica.

A questão é que é um condominio horizontal, de 60 casas. Cabo da fibra passa na frente do condominio. Precisam fazer a instalação.
Já perdi a conta das vezes que pedi para um técnico fazer a avaliação técnica. A resposta parece de um gravador, senhor, o senhor tem que esperar a sua região ser liberada.
Alguém tem uma idéia como posso estimular alguém de boa vontade na TVA Telefonica para avaliar o cabeamento dentro do meu condominio?

Obrigado, Celso
 

dreamkatana

New Member
Registrado
Boa noite.
Alguém está tendo a mesma experiência que eu?
No site www.euquerofibra.com.br eu consigo colocar o pedido, ou seja, TVA Fibra está disponivel. Faço o pedido.
Depois de semana(s) sem contato, ligo para o serviço de atendimento e me informam que não tenho disponibilidade técnica.

A questão é que é um condominio horizontal, de 60 casas. Cabo da fibra passa na frente do condominio. Precisam fazer a instalação.
Já perdi a conta das vezes que pedi para um técnico fazer a avaliação técnica. A resposta parece de um gravador, senhor, o senhor tem que esperar a sua região ser liberada.
Alguém tem uma idéia como posso estimular alguém de boa vontade na TVA Telefonica para avaliar o cabeamento dentro do meu condominio?

Obrigado, Celso
Estimular alguém? :bwahaha::bwahaha::bwahaha:
Só se for uma mulher das bem gostosas. :seferrou:
Nem com processo eu consegui a instalação, boa sorte :haha:
 

Hunt3r

!!!!
Registrado
Welcome to Telefonica(Vivo).

Antes que comecem a falar a vivo não vai mudar em nada a respeito de atendimento nada só nome que mudou minha gente igual quando foi brt pra OI.
 

mucci

Active Member
Registrado
Operadora aposta no serviço para alavancar contratação de fibra



A Telefônica/Vivo deve lançar seu serviço de IPTV – em que a transmissão do sinal de TV paga, incluindo conteúdos on demand, é feita pela internet – no segundo semestre de 2012 aqui no Brasil, e a estratégia da empresa é usar o novo serviço para alavancar as contratações de fiber-to-the-home (FTTH). “O serviço de fibra deve crescer mais após lançarmos o IPTV no segundo semestre”, disse o diretor-geral da operadora, Paulo César Teixeira, durante teleconferência sobre os resultados da companhia, nesta quinta-feira (16).



O serviço de IPTV já é disponibilizado pela Telefónica na Espanha e será lançado no próximo mês no Chile, usando a mesma plataforma Mediaroom, da Microsoft. No Brasil, a operadora chegou a anunciar a plataforma, mas não indicou um prazo para o lançamento do produto.



Ao longo de 2011, a Telefônica/Vivo duplicou sua rede de fibra óptica no estado de São Paulo para 6 mil quilômetros, passando por mais de 1,7 milhão de domicílios em 15 municípios. A empresa fechou o ano com um total de 50 mil clientes com fibra dentro da residência ou empresa, e pretende aumentar o marketing nos serviços Fibra Banda Larga e Fibra TV este ano, segundo afirmou o executivo.



Dados também serão o foco da companhia na telefonia móvel após um ano positivo em 2011, quando o número de acessos com planos ou pacotes de dados mais que duplicou. No acumulado do ano, a receita da Telefônica/Vivo com internet móvel cresceu 35% e a operadora quer ampliar isso em 2012, com um foco maior na venda de smartphones e feature phones, aparelhos mais básicos que também permitem o acesso a internet, e em aplicativos e serviços de música e games para impulsionar a contratação de pacotes de dados.

Fonte: Serviço de IPTV da Telefônica/Vivo será lançado no segundo semestre
 

jklpuzo

New Member
Registrado
Operadora aposta no serviço para alavancar contratação de fibra



A Telefônica/Vivo deve lançar seu serviço de IPTV – em que a transmissão do sinal de TV paga, incluindo conteúdos on demand, é feita pela internet – no segundo semestre de 2012 aqui no Brasil, e a estratégia da empresa é usar o novo serviço para alavancar as contratações de fiber-to-the-home (FTTH). “O serviço de fibra deve crescer mais após lançarmos o IPTV no segundo semestre”, disse o diretor-geral da operadora, Paulo César Teixeira, durante teleconferência sobre os resultados da companhia, nesta quinta-feira (16).



O serviço de IPTV já é disponibilizado pela Telefónica na Espanha e será lançado no próximo mês no Chile, usando a mesma plataforma Mediaroom, da Microsoft. No Brasil, a operadora chegou a anunciar a plataforma, mas não indicou um prazo para o lançamento do produto.



Ao longo de 2011, a Telefônica/Vivo duplicou sua rede de fibra óptica no estado de São Paulo para 6 mil quilômetros, passando por mais de 1,7 milhão de domicílios em 15 municípios. A empresa fechou o ano com um total de 50 mil clientes com fibra dentro da residência ou empresa, e pretende aumentar o marketing nos serviços Fibra Banda Larga e Fibra TV este ano, segundo afirmou o executivo.



Dados também serão o foco da companhia na telefonia móvel após um ano positivo em 2011, quando o número de acessos com planos ou pacotes de dados mais que duplicou. No acumulado do ano, a receita da Telefônica/Vivo com internet móvel cresceu 35% e a operadora quer ampliar isso em 2012, com um foco maior na venda de smartphones e feature phones, aparelhos mais básicos que também permitem o acesso a internet, e em aplicativos e serviços de música e games para impulsionar a contratação de pacotes de dados.

Fonte: Serviço de IPTV da Telefônica/Vivo será lançado no segundo semestre
Finalmente uma empresa no Brasil vai fazer isso(oficialmente).
 

thomaz_br

Active Member
Registrado
Finalmente uma empresa no Brasil vai fazer isso(oficialmente).

Pensei que o serviço de tv por assinatura que a Telefonica provê aos clientes com FTTH já fosse IPTV. Se não é, é o quê?
É alguma solução similar ao serviço da Verizon, o Fios? Esse eu sei que, apesar de ser FTTH também, não é IPTV.
 

jklpuzo

New Member
Registrado
Pensei que o serviço de tv por assinatura que a Telefonica provê aos clientes com FTTH já fosse IPTV. Se não é, é o quê?
É alguma solução similar ao serviço da Verizon, o Fios? Esse eu sei que, apesar de ser FTTH também, não é IPTV.
Não sei ao certo, mas era uma treta com a TVA. De qualquer forma, não era oficial o serviço por IPTV, agora poderá ser.
 

mucci

Active Member
Registrado
O serviço de TV Telefônica/TVA é (ou era) RFoG.

Só para o caso de alguem perguntar:

Esta tecnologia é a solução de radiofrequência sobre vidro ou RFoG, acrônimo em inglês para Radio Frequeny Over Glass. Com esta tecnologia, a fibra ótica chegará até usuários finais, utilizando a infraestrutura já existente em cabos e receptores, melhorando significativamente a qualidade do conteúdo transmitido.

Existem vantagens desta nova tecnologia tanto para usuários finais quanto para as operadoras de cabo. Os primeiros ganharão com sistemas mais baratos para transmissão de dados e com muito mais qualidade e velocidade. Os últimos saem ganhando porque será possível utilizar toda a infra-estrutura existente atualmente para levar a fibra ótica ao usuário, reduzindo ainda mais os custos.

As operadoras fixas também não ficam para trás, pois este serviço permitirá uma sobreposição da transmissão de vídeos compatível com o GPON (Gigabit Passive Optical Network) e com isso será possível aliar serviços de transmissão de vídeos em altíssima qualidade e banda ultralarga a preços mais razoáveis.

RFoG utiliza o padrão DOCSIS (Data Over Cable Service Interface Specification), um sistema utilizado em transmissões a cabo, principalmente para acesso à internet, ou seja, o mesmo sistema presente atualmente em locais com acesso à televisão e internet banda larga via cabo. Então, o que a RFoG faz é interpretar sinais elétricos e convertê-los para sinais óticos, capazes de transmiti-los via fibra ótica.

Tudo isso, combinado à tecnologia híbrida fixa/coaxial (HFC) e também às novidades de fibra ótica até residências (Fiber to the premises, FTTP) permite mais qualidade e baixos custos para as operadoras. Essa diferença será repassada aos consumidores.

Vantagens e consequências

Já citamos anteriormente algumas das principais vantagens desta nova tecnologia: preços mais acessíveis para os usuários, maior qualidade e velocidade nas transmissões de vídeo e conexão via banda ultralarga. Além destas, podemos falar ainda sobre novos nichos de desenvolvimento a partir desta tecnologia, como por exemplo mudanças em operadoras de TV a cabo.

Com esta tecnologia seria muito mais barato transmitir vídeos em alta definição diretamente para dentro de sua casa, sem que para isso você precise pagar algo a mais na mensalidade de sua assinatura. Outro fator que possivelmente sofrerá alterações benéficas para todos será o dos serviços de internet banda larga, pois finalmente seria possível uma rede ampla e barata de fibra ótica, proporcionando super velocidades a preços bem mais acessíveis.

Um bom caso da aplicação de fibra ótica à serviço da banda ultralarga é o Japão, onde usuários domésticos já podem ter acesso à internet de 1 Gbps pagando cerca de R$115 mensais. Claro que é muito cedo para falar em algo assim aqui no Brasil, mas quem sabe um dia ainda não veremos supervelocidades por todo o país a preços acessíveis, não é mesmo?
Além destas vantagens, um sistema que utilize a RFoG demandará menos manutenção, pois estará livre de problemas típicos de redes convencionais, afinal, o sistema não terá nada de metálico. Isso quer dizer que ferrugem, umidade e corrosões galvânicas passaram longe desses cabos. É claro que eles não são indestrutíveis, mas segundo alguns especialistas, a RFoG demanda 90% manutenção se comparada a uma rede HFC convencional.

Outro ponto positivo será a facilidade de implantação desta tecnologia em locais menos densos, como por exemplo residências rurais, que normalmente sofrem com a falta de acesso à internet.

Limitações?

Se por um lado tudo parece vantagens, especialistas apontam como desvantagens o alcance das redes para envio e recebimento de pacotes da internet. O sistema RFoG utiliza um diodo a laser para funcionar, um dispositivo chamado Fabry-Perot (FP), e ele acaba por limitar pesadamente o alcance das redes (cerca de 10-20 KM). E também, caso você vá assistir a algum filme ou canal em sua TV a cabo, terá que aguardá-lo ser carregado pelo receptor.

Além disso, o uso de RFoG em larga escala dependerá de várias redes de fibras, 8 para cada 256 pontos de acesso, pois cada fibra é capaz de dar conta de apenas 32 pontos. Outro problema é quanto ao caminho de retorno para comunicações bidirecionais que, diferentemente de redes HFC, simplesmente não existem. Aqui, para que os receptores domésticos possam se comunicar com seu emissor, o retorno estará localizado no micro nó recém-instalado na rede.
 

jklpuzo

New Member
Registrado
O serviço de TV Telefônica/TVA é (ou era) RFoG.
Acho que na TVA é HFC não? Eu tava falando sobre o GPON da Telefônica.
Acho que era assim: A telefônica transmitia o sinal normal por IPTV no GPON, mas falava que era da TVA.
 

H1vltg3

New Member
Registrado
Acho que na TVA é HFC não? Eu tava falando sobre o GPON da Telefônica.
Acho que era assim: A telefônica transmitia o sinal normal por IPTV no GPON, mas falava que era da TVA.

Entao, é RFoG, vai por mim... o sinal vem de ponto diferentes e em camadas de transporte diferentes...depois joga em um acoplador optico fazendo a multiplexao ...a terminação que parace ser "adaptada", não usa coaxial...pra isso usa-se SDV (comutador de vídeo)... Essa arquitetura é mto mais barata pois usa toda infra de vídeo implantada (nesse caso TVA) e ergue-se alguns servidores de streaming pra fazer a distribuição do vídeo.
 
Última edição:
Status
Não esta aberto para novas mensagens.

Usuários que está vendo este tópico

Topo