O que você acha do Movimento Masculinista (MGTOW)?

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

p.s.y.c.h.o

Usuário Adrena Platinum®
Registrado
Vou tentar invocá-lo :fire::insane:

I SUMMON THEE, @Բしᗋɱ૯ȠᎶᑌ¡ઽƬᗋ



BALADA - A MAIOR MENTIRA DA TERRA (BLACKPILL) Já trabalhei como barman e observando bastante a vida dos que estavam do outro lado do balcão, tudo o que já falaram é verdade.

Entradas para as mulheres são sempre cortesias. Os homens pagam caro. E não se enganem achando que as mulheres não pagam a entrada, quem paga são os homens. Se a entrada na noite custa R$ 30,00 pra um homem, a verdade é que é R$ 15,00 masculino (a dele). e R$ 15,00 feminino (de alguma menina que entrou "free"). Os donos de bares jamais levam prejuízos e nada é de graça. No bar que eu trabalhava, o dono fazia "descontos" para os amigos, e usava esse argumento. Nos bares sempre tem as bebidas originais bem guardadas, que são destinadas aos Vips. Geralmente os alfa$ ricos chegam, as bebidas de qualidade vão todos para eles, e pegam mulher a rodo. Já os pobres coitados que não são ricos, consomem bebidas falsificadas e não pegam ninguém.

Nesses lugares, o que mais vi mandar em tudo é o dinheiro. Quanto mais rico o cara for, mais mulher ele consegue. E nunca vi um alfa físico sair ganhando de um rico. A ordem de prevalências pelo que já constatei é:

1. Ricos.
2. Caras que tem o shape massa.

O resto nem entra, porque gordos, magrelos, baixos, pobres, etc, só levam prejuízo na balada. Prejuízo financeiro e EMOCIONAL. Quando conseguem alguma coisa, é no final da noite com alguma feinha que foi rejeitada pelos alfas. Quando a balada está terminando, e aquelas meninas que foram rejeitadas pelos alfas estão voltando para casa chateadas com a vida, é onde os zé ninguéns conseguem alguém. A única chance para o cara mediano na balada conseguir alguma coisa, é no fim dela. Pois mesmo uma vilena numa balada se sente uma rainha, e despreza todo mundo, com um ego gigantesco. Elas fazem isso porque se acham dignas apenas dos alfas. Mas quando os alfas as dispensam e a rejeitam porque acharam outra mulher mais atraente, é um tiro bem no meio do ego dela, pois ela passou a festa inteira dispensando os medianos porque se achava digna apenas do alfa, e agora no final ela vai embora sozinha sem ninguém? Aqui é onde o emocional está fragilizado e onde o homem mediano terá mais chances de conseguir alguma coisa com uma menina mediana ou feia. As bonitas, esqueçam. Não tem nem como se você não for alfa.

Se a intenção é pegar mulher, se for ao puteiro gastará bem menos financeiramente, não terá desgaste emocional, e o risco de pegar DST é o mesmo da mulher baladeira. Se brincar, é até menor. Se não for rico, beberá bebidas falsas, terá prejuízo, e saíra com o emocional destruído de lá, achando que o problema do mundo não te aceitar e te enxergar é seu.

Já vi muitos clientes homens medianos, indo pagar sua conta cabisbaixo, sem graças, com dois ou três amigos tudo desanimado porque vão embora sozinhos dentro um carro. E outros fingindo que só foram na balada pra curtir, que embora não tenham pegado ninguém, se divertiram e etc. O que é mito.

E tem um monte de mulher que paga de santinha falando que vai só pra curtir e ver o Dj, ou porque gosta de tal banda e etc, mas vai só pra dar toco. Não gostam de transar, não gostam de beber, não gostam de nada, só de se sentirem poderosas. Até os alfas penam nas mãos dessas mulheres em baladas. Em baladas, o único que ganha realmente é o dono da boate. Pois ele ganhou um lucro exorbitante nas bebidas que vendeu(porque TODAS as bebidas são compradas a preço de banana, se você paga R$ 250,00 numa garrafa de whisky, pode ter certeza que ela foi comprada por R$60,00 no máximo, e se for falso, R$ 20,00 ou 30,00). Para constatar isso do preço, é bem simples, vá um supermercado e olhe o preço da garrafa. Depois divida ele por 2. E compare com o preço que você pagou na boate. No bar que trabalhei, compravam latinhas de Antartica por R$ 1,45 no próprio supermercado, e revendiam a R$ 5,50. Quando compravamos direto da Ambev, havia longneck que pagamos 0,90c a unidade, e revendiamos a R$ 6,00 ou R$ 7,00.

O dono sempre tem mulher no pé dele, e mulher top. Ele nunca fica "desamparado sexualmente". O status do cara de ser dono de uma boate, desbanca todos os alfas. Na minha opinião boate é um prejuízo de todas as formas possíveis, exceto para o dono. Mesmo para os alfas e ricos, é um prejuízo tanto financeiro como emocional. Pois você continua pagando pra comer a menina e se desgatando emocional fingindo interesse, competindo com outros machos e etc., mas eles não ligam, né?

Baladas é tanto o puteiro para mulheres, como disseram, como também é armadilha para bobos. É bom mostrar os outros aspectos que prejudica o homem, não sendo só as mulheres, para que possam ficar alertas. Todos os panfletos, as propagandas, as pulseiras de camarote, os copos e bonés e outros brindes... Tudo isso é friamente pensado pelos organizadores da festa para vender uma ilusão enorme, de tal forma que faça o nerd jogador de minecraft sentir vontade de sair de casa e ir lá e gastar seu dinheiro achando que vai se dar bem, de fazer a mais alta piranha sonhar que vai encontrar o Eike Batista dela lá dentro. Observem bem na cidade de vocês como são as propagandas, se você esquecer seu bom senso um pouquinho, você vai cair no conto de que balada é o melhor lugar para ir e ser feliz.

Por trás dos autofalantes, dos graves, do neon, daquelas pessoas fingindo ser felizes, está um máquina pronta pra sugar seu dinheiro. A intenção é sempre pegar o dinheiro do homem. É por isso que eles também lotam de mulheres, quanto mais cheio de mulher um lugar estiver, mais homem disposto a perder tudo o que tem. Mulheres são as iscas, a massa de manobra, para juntar homens fracos emocionalmente e sugarem seu dinheiro. Em uma análise bronca, pode-se dizer que boate é uma das coisas mais anti-homem já criadas. Porque ela nunca prejudica as mulheres de fato, somente homens. Pois mesmo as mulheres sendo apenas iscas, elas ganham emocionalmente e ganham a chance de encontrar um bobo para ser provedor (e acreditem, tem muito playboy que assume uma bomba dessa).

E depois que o camarada entra lá dentro, ele vai ser vampirizado financeiramente o quando puder. A vampirização emocional é só a consequência de ser bobo. Eu mesmo comprava maços de Carlton por R$ 6,50, e vendia cada cigarro picado por R$ 2,00. Eu ganhava em torno de R$ 30,00 por maço, pois na boate não era permitido vender e fumar, mas o cigarro é um símbolo de status que todo mundo lá dentro quer, até quem não fuma quer fumar pra poder ser notado, e quem se aproveitar disso... Será que é errado? Não sei. Eu fazia. Sei que quando meus maços acabavam, os caras ficavam tão fissurados que saíam da boate, iam até os postos de combustíveis, compram cigarro e voltavam. Só pra poder senta na mesa fumando. E a mesma lógica vale também as drogas ilicitas (que eu não vendia, mas quem vendia ganhava uma puta grana).

O ambiente geralmente é tão baixo, que as pessoas que estão no camarote, com pulserinha e copo estilizados por exemplo, esnobam as pessoas que estão na pista. Mulher então? Elas faziam questão de mostrar que são apenas para os vips lá de cima. As mulheres quando sobem para os andares superiores, elas se sentem como verdadeiras deusas.

E falo isso porque, eu trabalhei no bar de camarote, e minha função era apenas preparar coqueteis e servir bebidas, nada mais e também não abria nenhuma exceção pra favorzinho. E ouvia muitos sapos de mulheres dizendo que estuvadam medicina ou direito, que estavam acompanhadas de fulano de tal, que eu tinha que fazer o que eles mandavam... E eu nunca fazia. Só me restringia ao bar. Já tive que chamar segurança pra me defender porque os ricões, além de bobos, ainda queriam pagar de machões e iam lá tirar satisfação do porque não levei algo para a mesa deles etc, sendo que tinha garçom pra isso.

Aliás, os garçons... Pobres coitados! Eram o que mais sofriam. Raramente eu trabalhei com o mesmo garçom por mais de dois meses, eles não aguentam. Eles chegam na mesa e são ridicularizados, pelos homens que querem bancar os machoes e pelas mulheres que sentem poderosas. É realmente um trabalho de cão. A maioria dos garçons(e barmans) eram estudantes, caras feios, magros, precisavam de um dinheiro extra, e faziam esses bicos. E quando topavam de servir uma mesa cheio de caras ricos, mulheres bonitas e etc... Puts. Dava dó. Eram motivo de piadas. Você via nitidamente o emocional dos caras destruídos.

Tinha que ter um emocional muito forte pra aguentar aquilo sem esmorecer. As mulheres sentiam um prazer enorme em ver outros caras pisando no pobre coitado que estava servindo elas, elas se sentiam, de verdade, deusas. Eu aposto que elas gozavam quando debochavam dos outros.

E, também, boate é um ambiente muito inseguro. Além das brigas constantes que sempre acontecem, quase dono nenhum gasta dinheiro investindo na segurança da infraestrutura, porque eles pensam que nunca vai acontecer nada na boate deles.

Sobre DSTs, era prache eu ouvir comentários de fulanas e ciclanas que tinham herpes na xota. Com tempo você vai pegando amizade com alguns caras, seguranças, e as fofocas correm. Mulheres bonitas, que só frequentam camarote e só andam com os ricões e esnobavam todo mundo, tinham histórias muito cabulosas. Tinha menina que eles falavam pra não deixar ela nem fazer boquete porque senão o pau pegava carie. Meninas que todo matrixiano JAMAIS pensaria que fosse tão nojenta. E são essas meninas que vão se casar aos 30 anos com um bobo matrixiano que jamais vai saber do passado negro dela. Já vi alguns casais por aqui, um cara gente fina, que mal saia de casa, junto com uma menina que era verdadeiro carrapato de boate. E quando elas reconhecem a gente na rua, abaixam os olhos, ficam com medo da gente ser amigo do namorado dela e contar as coisas que viamos.
 

p.s.y.c.h.o

Usuário Adrena Platinum®
Registrado
Meu summon não deu certo :crycat:


Preciso de mais XP pelo visto :xorinho:
 

Gonira

Campeão Brasileiro 2021
Registrado

Parei de assistir quando vi trigger warning.
Trigger warning me dá trigger.

Zoeira, mas parei de assistir quando o cara disse que a reação dos gamers contra a Anita Sarkeesian foi por "se sentirem ameaçados em seu espaço machista". Quando o cara baseia a análise comportamental dele em espantalhos, quem precisa de ajuda na verdade é ele, e não quem ele tá julgando.

"Uma mulher gamer invadindo um espaço masculino e ameaçando a masculinidade frágil" nunca foi um problema, ninguém liga cara. O problema foi: uma ativista PC - e não gamer - forçando pra enfiar o politicamente correto nos jogos, pra destruir a diversão de todo mundo, pq é a única coisa que o politicamente correto faz.

Vade retro, feministo!
 
Última edição:

DroP_

Wyrd bið ful aræd
Registrado
Vou tentar invocá-lo :fire::insane:

I SUMMON THEE, @Բしᗋɱ૯ȠᎶᑌ¡ઽƬᗋ



BALADA - A MAIOR MENTIRA DA TERRA (BLACKPILL) Já trabalhei como barman e observando bastante a vida dos que estavam do outro lado do balcão, tudo o que já falaram é verdade.

Entradas para as mulheres são sempre cortesias. Os homens pagam caro. E não se enganem achando que as mulheres não pagam a entrada, quem paga são os homens. Se a entrada na noite custa R$ 30,00 pra um homem, a verdade é que é R$ 15,00 masculino (a dele). e R$ 15,00 feminino (de alguma menina que entrou "free"). Os donos de bares jamais levam prejuízos e nada é de graça. No bar que eu trabalhava, o dono fazia "descontos" para os amigos, e usava esse argumento. Nos bares sempre tem as bebidas originais bem guardadas, que são destinadas aos Vips. Geralmente os alfa$ ricos chegam, as bebidas de qualidade vão todos para eles, e pegam mulher a rodo. Já os pobres coitados que não são ricos, consomem bebidas falsificadas e não pegam ninguém.

Nesses lugares, o que mais vi mandar em tudo é o dinheiro. Quanto mais rico o cara for, mais mulher ele consegue. E nunca vi um alfa físico sair ganhando de um rico. A ordem de prevalências pelo que já constatei é:

1. Ricos.
2. Caras que tem o shape massa.

O resto nem entra, porque gordos, magrelos, baixos, pobres, etc, só levam prejuízo na balada. Prejuízo financeiro e EMOCIONAL. Quando conseguem alguma coisa, é no final da noite com alguma feinha que foi rejeitada pelos alfas. Quando a balada está terminando, e aquelas meninas que foram rejeitadas pelos alfas estão voltando para casa chateadas com a vida, é onde os zé ninguéns conseguem alguém. A única chance para o cara mediano na balada conseguir alguma coisa, é no fim dela. Pois mesmo uma vilena numa balada se sente uma rainha, e despreza todo mundo, com um ego gigantesco. Elas fazem isso porque se acham dignas apenas dos alfas. Mas quando os alfas as dispensam e a rejeitam porque acharam outra mulher mais atraente, é um tiro bem no meio do ego dela, pois ela passou a festa inteira dispensando os medianos porque se achava digna apenas do alfa, e agora no final ela vai embora sozinha sem ninguém? Aqui é onde o emocional está fragilizado e onde o homem mediano terá mais chances de conseguir alguma coisa com uma menina mediana ou feia. As bonitas, esqueçam. Não tem nem como se você não for alfa.

Se a intenção é pegar mulher, se for ao puteiro gastará bem menos financeiramente, não terá desgaste emocional, e o risco de pegar DST é o mesmo da mulher baladeira. Se brincar, é até menor. Se não for rico, beberá bebidas falsas, terá prejuízo, e saíra com o emocional destruído de lá, achando que o problema do mundo não te aceitar e te enxergar é seu.

Já vi muitos clientes homens medianos, indo pagar sua conta cabisbaixo, sem graças, com dois ou três amigos tudo desanimado porque vão embora sozinhos dentro um carro. E outros fingindo que só foram na balada pra curtir, que embora não tenham pegado ninguém, se divertiram e etc. O que é mito.

E tem um monte de mulher que paga de santinha falando que vai só pra curtir e ver o Dj, ou porque gosta de tal banda e etc, mas vai só pra dar toco. Não gostam de transar, não gostam de beber, não gostam de nada, só de se sentirem poderosas. Até os alfas penam nas mãos dessas mulheres em baladas. Em baladas, o único que ganha realmente é o dono da boate. Pois ele ganhou um lucro exorbitante nas bebidas que vendeu(porque TODAS as bebidas são compradas a preço de banana, se você paga R$ 250,00 numa garrafa de whisky, pode ter certeza que ela foi comprada por R$60,00 no máximo, e se for falso, R$ 20,00 ou 30,00). Para constatar isso do preço, é bem simples, vá um supermercado e olhe o preço da garrafa. Depois divida ele por 2. E compare com o preço que você pagou na boate. No bar que trabalhei, compravam latinhas de Antartica por R$ 1,45 no próprio supermercado, e revendiam a R$ 5,50. Quando compravamos direto da Ambev, havia longneck que pagamos 0,90c a unidade, e revendiamos a R$ 6,00 ou R$ 7,00.

O dono sempre tem mulher no pé dele, e mulher top. Ele nunca fica "desamparado sexualmente". O status do cara de ser dono de uma boate, desbanca todos os alfas. Na minha opinião boate é um prejuízo de todas as formas possíveis, exceto para o dono. Mesmo para os alfas e ricos, é um prejuízo tanto financeiro como emocional. Pois você continua pagando pra comer a menina e se desgatando emocional fingindo interesse, competindo com outros machos e etc., mas eles não ligam, né?

Baladas é tanto o puteiro para mulheres, como disseram, como também é armadilha para bobos. É bom mostrar os outros aspectos que prejudica o homem, não sendo só as mulheres, para que possam ficar alertas. Todos os panfletos, as propagandas, as pulseiras de camarote, os copos e bonés e outros brindes... Tudo isso é friamente pensado pelos organizadores da festa para vender uma ilusão enorme, de tal forma que faça o nerd jogador de minecraft sentir vontade de sair de casa e ir lá e gastar seu dinheiro achando que vai se dar bem, de fazer a mais alta piranha sonhar que vai encontrar o Eike Batista dela lá dentro. Observem bem na cidade de vocês como são as propagandas, se você esquecer seu bom senso um pouquinho, você vai cair no conto de que balada é o melhor lugar para ir e ser feliz.

Por trás dos autofalantes, dos graves, do neon, daquelas pessoas fingindo ser felizes, está um máquina pronta pra sugar seu dinheiro. A intenção é sempre pegar o dinheiro do homem. É por isso que eles também lotam de mulheres, quanto mais cheio de mulher um lugar estiver, mais homem disposto a perder tudo o que tem. Mulheres são as iscas, a massa de manobra, para juntar homens fracos emocionalmente e sugarem seu dinheiro. Em uma análise bronca, pode-se dizer que boate é uma das coisas mais anti-homem já criadas. Porque ela nunca prejudica as mulheres de fato, somente homens. Pois mesmo as mulheres sendo apenas iscas, elas ganham emocionalmente e ganham a chance de encontrar um bobo para ser provedor (e acreditem, tem muito playboy que assume uma bomba dessa).

E depois que o camarada entra lá dentro, ele vai ser vampirizado financeiramente o quando puder. A vampirização emocional é só a consequência de ser bobo. Eu mesmo comprava maços de Carlton por R$ 6,50, e vendia cada cigarro picado por R$ 2,00. Eu ganhava em torno de R$ 30,00 por maço, pois na boate não era permitido vender e fumar, mas o cigarro é um símbolo de status que todo mundo lá dentro quer, até quem não fuma quer fumar pra poder ser notado, e quem se aproveitar disso... Será que é errado? Não sei. Eu fazia. Sei que quando meus maços acabavam, os caras ficavam tão fissurados que saíam da boate, iam até os postos de combustíveis, compram cigarro e voltavam. Só pra poder senta na mesa fumando. E a mesma lógica vale também as drogas ilicitas (que eu não vendia, mas quem vendia ganhava uma puta grana).

O ambiente geralmente é tão baixo, que as pessoas que estão no camarote, com pulserinha e copo estilizados por exemplo, esnobam as pessoas que estão na pista. Mulher então? Elas faziam questão de mostrar que são apenas para os vips lá de cima. As mulheres quando sobem para os andares superiores, elas se sentem como verdadeiras deusas.

E falo isso porque, eu trabalhei no bar de camarote, e minha função era apenas preparar coqueteis e servir bebidas, nada mais e também não abria nenhuma exceção pra favorzinho. E ouvia muitos sapos de mulheres dizendo que estuvadam medicina ou direito, que estavam acompanhadas de fulano de tal, que eu tinha que fazer o que eles mandavam... E eu nunca fazia. Só me restringia ao bar. Já tive que chamar segurança pra me defender porque os ricões, além de bobos, ainda queriam pagar de machões e iam lá tirar satisfação do porque não levei algo para a mesa deles etc, sendo que tinha garçom pra isso.

Aliás, os garçons... Pobres coitados! Eram o que mais sofriam. Raramente eu trabalhei com o mesmo garçom por mais de dois meses, eles não aguentam. Eles chegam na mesa e são ridicularizados, pelos homens que querem bancar os machoes e pelas mulheres que sentem poderosas. É realmente um trabalho de cão. A maioria dos garçons(e barmans) eram estudantes, caras feios, magros, precisavam de um dinheiro extra, e faziam esses bicos. E quando topavam de servir uma mesa cheio de caras ricos, mulheres bonitas e etc... Puts. Dava dó. Eram motivo de piadas. Você via nitidamente o emocional dos caras destruídos.

Tinha que ter um emocional muito forte pra aguentar aquilo sem esmorecer. As mulheres sentiam um prazer enorme em ver outros caras pisando no pobre coitado que estava servindo elas, elas se sentiam, de verdade, deusas. Eu aposto que elas gozavam quando debochavam dos outros.

E, também, boate é um ambiente muito inseguro. Além das brigas constantes que sempre acontecem, quase dono nenhum gasta dinheiro investindo na segurança da infraestrutura, porque eles pensam que nunca vai acontecer nada na boate deles.

Sobre DSTs, era prache eu ouvir comentários de fulanas e ciclanas que tinham herpes na xota. Com tempo você vai pegando amizade com alguns caras, seguranças, e as fofocas correm. Mulheres bonitas, que só frequentam camarote e só andam com os ricões e esnobavam todo mundo, tinham histórias muito cabulosas. Tinha menina que eles falavam pra não deixar ela nem fazer boquete porque senão o pau pegava carie. Meninas que todo matrixiano JAMAIS pensaria que fosse tão nojenta. E são essas meninas que vão se casar aos 30 anos com um bobo matrixiano que jamais vai saber do passado negro dela. Já vi alguns casais por aqui, um cara gente fina, que mal saia de casa, junto com uma menina que era verdadeiro carrapato de boate. E quando elas reconhecem a gente na rua, abaixam os olhos, ficam com medo da gente ser amigo do namorado dela e contar as coisas que viamos.

Relato de nego frustrado e ruim de papo.

Já fui em uma porrada de baladas diferentes, desde aquela casa do sertanejo padrão, um deep house em beach club, um samba, balada mais alternativa, calouradas, furduncinho de rua, shows e por aí vai. Minha experiência é COMPLETAMENTE diferente do que esse cara escreveu aí.

Primeiro que eu nunca abri carteira em balada, gastava no máximo uns R$300, geralmente bem menos que isso, rolava de pagar uns drinques pra mulher, mas jamais de graça, só as que eu me envolvia, jamais botei baldinho na mesa com champa e vodka pra atrair mulher. Isso aí é papo de nego feioso e frustrado que não sabe desenrolar na conversa e acha que tudo se resume a ser o velho da lancha pra impressionar vagabas.

Tem vários tipos de mulheres que vão em baladas, até porque tem tipos diferentes de baladas também, achar que tudo se resume a dinheiro ou shape do seu lado, e vagabas do outro, é puro cope de fracassado. Já peguei bastante mulher nesses meios, dificilmente saia sem pegar uma, o objetivo era converter no final mas mesmo que eu pegasse uns contatos, desse uns beijos, já tava valendo a noite, eu ia lá pra me divertir, ver mulher bonita, chegar nelas, expandir o circulo social.

Aparência conta muito, ser bonito já ganha pontos sim, estar bem vestido, com aquele corte na régua, barba bem feita, perfume top, isso é o básico. Questão de shape é outra coisa que nego exagera, não sendo muito gordo ou muito magro você tá no jogo, eu por exemplo tenho shape mas sou natural, atlético, famoso shape de instagram porque quando eu ponho camisa a impressão é estar em boa forma apenas. Sobre dinheiro, tem que ter pra poder oferecer uns drinques né, mas isso faz parte do jogo, se vc tá pegando a mulher, na expectativa de comer no fim da noite, vai ficar regulando mixaria? E tem que ter papo, segurança, leitura de ambiente, saber observar, saber chegar, saber se portar, saber lidar com mulher que quer te testar, saber lidar com a rejeição pra sair fora quando não tá rolando e ir pra próxima. Isso é senso comum, coisa que qualquer um que curte um furduncinho vai aprendendo com o tempo.

Agora, não vou falar que isso aí é válido pra todo mundo, muita gente não tem a personalidade pra ficar indo em balada e chegando em mulher, um cara que é mais nerdola, introspectivo, que não se cuida, não tem boa aparência, esse cara realmente só vai em balada pra gastar dinheiro e tomar corte, aí é melhor evitar esses ambientes ou vai cair no cope de ter que ficar rico pra comprar vadias mesmo.
 
Última edição:

pylon

New Member
Registrado
Relato de nego frustrado e ruim de papo.

Já fui em uma porrada de baladas diferentes, desde aquela casa do sertanejo padrão, um deep house em beach club, um samba, balada mais alternativa, calouradas, furduncinho de rua, shows e por aí vai. Minha experiência é COMPLETAMENTE diferente do que esse cara escreveu aí.

Primeiro que eu nunca abri carteira em balada, gastava no máximo uns R$300, geralmente menos que isso, rolava de pagar uns drinques pra mulher, mas jamais de graça, só as que eu me envolvia, jamais botei baldinho na mesa com champa e vodka pra atrair mulher. Isso aí é papo de nego feioso e frustrado que não sabe desenrolar na conversa e acha que tudo se resume a ser o velho da lancha pra impressionar vagabas.

Tem vários tipos de mulheres que vão em baladas, até porque tem tipos diferentes de baladas também, achar que tudo se resume a dinheiro ou shape do seu lado, e vagabas do outro, é puro cope de fracassado. Dito isso, já peguei bastante mulher nesses meios, dificilmente saia de uma balada sem pegar uma, o objetivo era converter no final mas mesmo que eu pegasse uns contatos, desse uns beijos, já tava valendo a noite, eu ia lá pra me divertir, ver mulher bonita, chegar nelas, jogar o game.

Aparência conta muito, ser bonito já ganha pontos sim, estar bem vestido, com aquele corte na régua, barba bem feita, perfume top, isso é o básico. Questão de shape é outra coisa que nego exagera, não sendo muito gordo ou muito magro você tá no jogo, eu por exemplo tenho shape mas sou natural, atlético, famoso shape de instagram porque quando eu ponho camisa a impressão é estar em boa forma, GH e tren passa longe de mim. Sobre dinheiro, tem que ter pra poder oferecer uns drinques né, mas isso faz parte do jogo, se vc tá pegando a mulher, na expectativa de comer no fim da noite, vai ficar regulando mixaria? E tem que ter papo, segurança, leitura de ambiente, saber observar, saber chegar, saber se portar, saber lidar com mulher que quer te testar, saber lidar com a rejeição pra sair fora quando não tá rolando e ir pra próxima. Isso é senso comum, coisa que qualquer um que curte um furduncinho vai aprendendo com o tempo.

Agora, não vou falar que isso aí é válido pra todo mundo, muita gente não tem a personalidade pra ficar indo em balada e chegando em mulher, um cara que é mais nerdola, esquisito, que não se cuida, não tem boa aparência, esse cara realmente só vai em balada pra gastar dinheiro e tomar corte, aí é melhor evitar esses ambientes ou vai cair no cope de ter que ficar rico pra comprar vadias mesmo.
as pessoas tendem a achar que a realidade em que vivem são a única. Nessas baladas tem de tudo, do conto do barman ao seu.
 

Vinicius.vs

New Member
Registrado
E qual o problema? É um ambiente onde todo mundo quer se divertir, da mesma forma que o cara quer uma mulher bonita ou interessante, a mulher também quer um cara bonito ou interessante.

Tem gente que viaja kkkkkkk
 

Shin_akuma

New Member
Registrado
Sem a efetividade da coerção social,tanto casamento quanto relacionamentos estarão em declinio,homem ñ precisa de companheira,ñ precisa de esposa e filhos,se o jogo é ruim pra ele vai sair fora,isso é a coisa mais racional a fazer.

Tanto B.O tanta insegurança juridica,estamos vendo pessoas jovens q nem cogitam e talvez nunca cogitaram em se casar com alguém.

Esse movimento só vai crescer,as pessoas deveriam estar estudando e pensando seriamente sobre isso ao invés de ficarem só nas piadinhas.


enquanto isso o mercado da prostituição, sexo virtual,bonecas ultra realista só crescem, estamos algumas décadas de robôs femininas interativas e parcialmente autonomas.
 

fa8iogouv

Veni, vidi, vici.
Registrado
Vou dizer pra vocês minha opinião baseada na minha vida.
Sou um cara que sempre teve sorte com mulher, muita mesmo, e é seguro dizer que dediquei boa parte da minha vida a isso, com ou sem condições financeiras, mulher era mato.
Quis deixar isso bem claro para que o que eu vou dizer a seguir cause o impacto que eu espero.
Na minha opinião, o homem heterossexual deve parar de dedicar uma parte significativa de seu tempo e esforço a mulher, ao menos até que o mesmo alcance seu objetivo seja ele qual for, não estou falando só do profissional não, falo do pessoal, intelectual, físico, qualquer que seja sua aspiração, dedique-se a isso com excelência!
O que muitos de nós não sabemos é que, quando finalmente alcançamos aquilo que tanto almejamos, algo muito importante vem com isso, confiança, e confiança meus amigos, é afrodisíaco para as mulheres!
Dedique-se a ser o melhor de você por você, quando você mostrar ao mundo o quão seguro de sei é, não só as mulheres virão, mas o mundo se abrirá! A indiferença natural daquele que se conhece e se basta é irresistível.
Claro que se cair no colo uma gata máxima, não é pra deixar passar, mas não faça disso um objetivo, sério, não vale a pena pois virá naturalmente.
Eu queria ter dedicado mais tempo a mim, mas não tive ninguém que me desse esse conselho, queira ter aprendido mais outros idiomas além dos que eu já sei, queria ter aprendido a tocar um instrumento, te lido muito mais, ter ficado mais sozinho, ter saído ou até mesmo viajado sem que pegar mulher fosse sempre o objetivo. Enfim, queria ter ficado sozinho por um tempo, mas estava sempre com mulheres ou indo onde tinha mulheres e com amigos que só pegavam mulheres e não pensavam em mais nada, como se a vida fosse isso, quando no fim, é muito mais e ainda bem que é e, acreditem quando eu digo, a vida é muito mais que ficar pegando mulher.

Conhece a ti mesmo.
 

pylon

New Member
Registrado
Vou dizer pra vocês minha opinião baseada na minha vida.
Sou um cara que sempre teve sorte com mulher, muita mesmo, e é seguro dizer que dediquei boa parte da minha vida a isso, com ou sem condições financeiras, mulher era mato.
Quis deixar isso bem claro para que o que eu vou dizer a seguir cause o impacto que eu espero.
Na minha opinião, o homem heterossexual deve parar de dedicar uma parte significativa de seu tempo e esforço a mulher, ao menos até que o mesmo alcance seu objetivo seja ele qual for, não estou falando só do profissional não, falo do pessoal, intelectual, físico, qualquer que seja sua aspiração, dedique-se a isso com excelência!
O que muitos de nós não sabemos é que, quando finalmente alcançamos aquilo que tanto almejamos, algo muito importante vem com isso, confiança, e confiança meus amigos, é afrodisíaco para as mulheres!
Dedique-se a ser o melhor de você por você, quando você mostrar ao mundo o quão seguro de sei é, não só as mulheres virão, mas o mundo se abrirá! A indiferença natural daquele que se conhece e se basta é irresistível.
Claro que se cair no colo uma gata máxima, não é pra deixar passar, mas não faça disso um objetivo, sério, não vale a pena pois virá naturalmente.
Eu queria ter dedicado mais tempo a mim, mas não tive ninguém que me desse esse conselho, queira ter aprendido mais outros idiomas além dos que eu já sei, queria ter aprendido a tocar um instrumento, te lido muito mais, ter ficado mais sozinho, ter saído ou até mesmo viajado sem que pegar mulher fosse sempre o objetivo. Enfim, queria ter ficado sozinho por um tempo, mas estava sempre com mulheres ou indo onde tinha mulheres e com amigos que só pegavam mulheres e não pensavam em mais nada, como se a vida fosse isso, quando no fim, é muito mais e ainda bem que é e, acreditem quando eu digo, a vida é muito mais que ficar pegando mulher.

Conhece a ti mesmo.
É o clichê "cuide do seu jardim". A mais pura verdade.
Vai se desenvolver que as muié aparece. Só nao perde seu tempo com elas. Continue seu desenvolvimento.
 

Reefox

Member
Registrado
Eu concordo 100% com o @fa8iogouv e hoje eu vivo com essa "frustração"
Sempre fui mulherengo e também sempre gostei de namorar. Passei os ultimos 12 anos da minha vida namorando (3 namoradas no total) e, entre uma fase ou outra de solteiro, saia passando o rodo em geral, mas tipo, passando o rodo mesmo. Cheguei a transar com 6 mulheres em menos de 3 dias (54 horas pra ser mais exato). E nenhuma era profissional do sexo, viu? :haha:


Deixando a modéstia de lado, sou um cara boa pinta fisicamente, sei conversar, sei desenrolar, então nunca tive dificuldade pra ficar com mulher

Me sentia o fodão por isso. Eu "respirava" mulher.

E eu tenho um defeito grave em relacionamento, que é me colocar em segundo plano e colocar a companheira em primeiro plano. Eu deixo de comprar algo pra mim, pra comprar algo pra ela. Eu preciso de uma calça jeans, mas eu compro conjunto de 400 reais pra ela. Eu preciso de um celular, mas eu dou um novo pra ela e pego o dela pra mim. Por exemplo, uma coisa que eu sempre quis fazer é academia, ter um corpo mais atlético e tal. Mas se a namorada falasse "ah amor, nao precisa, eu gosto de voce assim". Pronto. Eu atendia o pedido dela e deixava de fazer o que eu queria, por ela


Hoje eu me encontro solteiro e arrependido do tanto de tempo que perdi com mulher, que não trouxe resultado nenhum na minha vida particular. Pra compensar esse "tempo perdido", hoje eu gasto todo o meu tempo comigo, foco apenas em mim. Trabalho, estudo, academia...
Dei uma afastada dessa vida de "biscateiro". Meu celular não bomba de contatinhos igual antigamente. Eu acordo sem nenhum bom dia de mulher, eu passo dias sem falar com alguma mulher. E não é por falta de opção. Se eu pegar meu celular agora e mandar mensagem pra uma ou outra, de noite vou estar no motel com ela. Mas a questão é que eu não quero. Eu prefiro continuar assim, 'isolado" delas.

Claro, sexo é questão também de necessidade fisiológica, acontece de as vezes fica com alguma e tal. Mas isso não é mais algo que eu busco constantemente, igual antes

E vou te falar? É a melhor fase da minha vida

Então eu dou a mesma dica: foque apenas em você. gaste seu tempo apenas com você. busque a sua evolução, principalmente profissional (e a consequência disso é uma vida financeira melhor). se no meio do caminho aparecer uma mulher que vale a pena, chame ela pra te acompanhar. Mas a chave é essa: ela te acompanhar, e não você diminuir seu ritmo por ela.

No final de tudo isso, é como o fa8iogouv falou, mulher vai ser consequência, pois basta a sua auto confiança e o seu sucesso pessoal para chamar a atenção delas
 

Deamon

Polecats
Registrado
A questão da balada ali na parte dos garçons é real, trabalho direto com garçons e eles sempre falam que são literalmente pessoas de fim de mundo na visão dos outros, até comparam que qualquer festinha de 15 anos ali pagam 2-3k para ter barman que só faz malabarismo lá com bebidas e que qualquer garçom consegue fazer a mesma bebida igual, mas, enquanto isso, não gastam nem 100 R$ com cada garçom para servir essas bebidas e os caras sempre, sempre, levam esculacho (mas isso é indiferente da classe social, pobre chega até a ser pior no tratamento com garçons...é tipo pobre pegando Uber achando que é dono do carro e não que são 2 fudidos na mesma situação ali).

Eu nunca fui de balada, mas de todo o relato ali, pode ter certeza que se não tiver homem na balada, não dura um mês a boate e eles fecham as portas...
 

Բしᗋɱ૯ȠᎶᑌ¡ઽƬᗋ

Em busca das 10 virgens inexplicáveis
Registrado
Eu concordo 100% com o @fa8iogouv e hoje eu vivo com essa "frustração"
Sempre fui mulherengo e também sempre gostei de namorar. Passei os ultimos 12 anos da minha vida namorando (3 namoradas no total) e, entre uma fase ou outra de solteiro, saia passando o rodo em geral, mas tipo, passando o rodo mesmo. Cheguei a transar com 6 mulheres em menos de 3 dias (54 horas pra ser mais exato). E nenhuma era profissional do sexo, viu? :haha:


Deixando a modéstia de lado, sou um cara boa pinta fisicamente, sei conversar, sei desenrolar, então nunca tive dificuldade pra ficar com mulher

Me sentia o fodão por isso. Eu "respirava" mulher.

E eu tenho um defeito grave em relacionamento, que é me colocar em segundo plano e colocar a companheira em primeiro plano. Eu deixo de comprar algo pra mim, pra comprar algo pra ela. Eu preciso de uma calça jeans, mas eu compro conjunto de 400 reais pra ela. Eu preciso de um celular, mas eu dou um novo pra ela e pego o dela pra mim. Por exemplo, uma coisa que eu sempre quis fazer é academia, ter um corpo mais atlético e tal. Mas se a namorada falasse "ah amor, nao precisa, eu gosto de voce assim". Pronto. Eu atendia o pedido dela e deixava de fazer o que eu queria, por ela


Hoje eu me encontro solteiro e arrependido do tanto de tempo que perdi com mulher, que não trouxe resultado nenhum na minha vida particular. Pra compensar esse "tempo perdido", hoje eu gasto todo o meu tempo comigo, foco apenas em mim. Trabalho, estudo, academia...
Dei uma afastada dessa vida de "biscateiro". Meu celular não bomba de contatinhos igual antigamente. Eu acordo sem nenhum bom dia de mulher, eu passo dias sem falar com alguma mulher. E não é por falta de opção. Se eu pegar meu celular agora e mandar mensagem pra uma ou outra, de noite vou estar no motel com ela. Mas a questão é que eu não quero. Eu prefiro continuar assim, 'isolado" delas.

Claro, sexo é questão também de necessidade fisiológica, acontece de as vezes fica com alguma e tal. Mas isso não é mais algo que eu busco constantemente, igual antes

E vou te falar? É a melhor fase da minha vida

Então eu dou a mesma dica: foque apenas em você. gaste seu tempo apenas com você. busque a sua evolução, principalmente profissional (e a consequência disso é uma vida financeira melhor). se no meio do caminho aparecer uma mulher que vale a pena, chame ela pra te acompanhar. Mas a chave é essa: ela te acompanhar, e não você diminuir seu ritmo por ela.

No final de tudo isso, é como o fa8iogouv falou, mulher vai ser consequência, pois basta a sua auto confiança e o seu sucesso pessoal para chamar a atenção delas
não precisa também virar padre. foca nos estudos, trabalho, seus hobbies e 1 vez por mês sai com alguma pra esvaziar o saco. leitada e ghost.
 

Andromeda's Ryder

Quid Est Veritas?
Registrado
A Internet tá foda, cada vez pior, vai tomar no cu, se valorizem, caralho!

Espera, os caras estão reclamando que a mulher vai sair com ele pra tomar um lanche ou o que for e não quer ir pro pro motel na primeira vez? :mesa:
Quando não dá certo ele fica pistola porque gastou dinheiro com o lanche da escola, um fastfood ou o que for.....e ainda tem a falta de vergonha de ficar pistola com isso, :limo:

tomem vergonha e paguem uma moça na casa da luz vermelha bando de pobre otário :deal::haters:

Melhor ainda, compra uma boneca inflável.
--- Post duplo é unido automaticamente: ---

"Poxa vida, paguei um hotdog e ela não quis dar pra mim :bua::bua::bua:"

Será que esses caras reclamam pra mamãe quando voltam pra casa? :limo:
--- Post duplo é unido automaticamente: ---

depois que chama de incel e outros nomes afetuosos (ainda estão sendo gentis de chamar só de incel) a galera reclama.
 

Reefox

Member
Registrado
nada é regra nessa vida, mas existem sim mulheres que se aproveitam disso e fazem dos caras esses "gado gastronômico"
alias, aconteceu recentemente em um grupo de amigos meu

o amigo A adicionou uma mina no instagram, conversou com ela, chamou ela pra sair. levou ela em um bom restaurante da cidade, gastou cerca de 300 reais. no final deram apenas uns beijos. depois disso eles continuaram conversando, mas o desinteresse dela aumentou, até que pararam de conversar de vez

em seguida veio o amigo B, começou a conversar com ela e chamou pra sair. mesma coisa: levou em um restaurante legal, comeu bem, conta cara. e no final só fico nos beijos

em ambos os encontros ela postou chuva de stories do prato, bebidas etc

ai eu pergunto: essa mina gosta de um gado gastronômico ou nao? :haha:
 

B_013

wooooork
Registrado
Espera, os caras estão reclamando que a mulher vai sair com ele pra tomar um lanche ou o que for e não quer ir pro pro motel na primeira vez? :mesa:
Quando não dá certo ele fica pistola porque gastou dinheiro com o lanche da escola, um fastfood ou o que for.....e ainda tem a falta de vergonha de ficar pistola com isso, :limo:

tomem vergonha e paguem uma moça na casa da luz vermelha bando de pobre otário :deal::haters:

Melhor ainda, compra uma boneca inflável.
--- Post duplo é unido automaticamente: ---

"Poxa vida, paguei um hotdog e ela não quis dar pra mim :bua::bua::bua:"

Será que esses caras reclamam pra mamãe quando voltam pra casa? :limo:
--- Post duplo é unido automaticamente: ---

depois que chama de incel e outros nomes afetuosos (ainda estão sendo gentis de chamar só de incel) a galera reclama.
O que me faz acreditar que caras assim se fossem mulheres (ou gays) liberariam o c* por uma latinha de Coca-Cola. :shrug:
nada é regra nessa vida, mas existem sim mulheres que se aproveitam disso e fazem dos caras esses "gado gastronômico"
alias, aconteceu recentemente em um grupo de amigos meu

o amigo A adicionou uma mina no instagram, conversou com ela, chamou ela pra sair. levou ela em um bom restaurante da cidade, gastou cerca de 300 reais. no final deram apenas uns beijos. depois disso eles continuaram conversando, mas o desinteresse dela aumentou, até que pararam de conversar de vez

em seguida veio o amigo B, começou a conversar com ela e chamou pra sair. mesma coisa: levou em um restaurante legal, comeu bem, conta cara. e no final só fico nos beijos

em ambos os encontros ela postou chuva de stories do prato, bebidas etc

ai eu pergunto: essa mina gosta de um gado gastronômico ou nao? :haha:
Existe gente interesseira, ninguém nega. Pior é o amigo B tentar a mesma merda que fez o amigo A. Isso não é ser aproveitado, isso é ser trouxa mesmo.
Comecem a procurar mulher em outros círculos.
Nunca tive que pagar absolutamente nada pra pegar mulher. O que gastava era em benefício mútuo, seja com o motel (que aí já ta na cara do gol, né?) ou quando ficava com alguém no rolê não saía oferecendo bebida nem nada.
Saibam em quem chegar, abigos.
 

Reefox

Member
Registrado
mas sinceramente? nem julgo essas minas. se tem cara que oferece isso, why not?

imagina só se uma mina chama voce pra ir num bar assistir o final da champions league. voce toma heineken a vontade, come altas porções e petiscos, e no final do role pode ir embora tranquilo tirar aquele cochilo de pança cheia
tudo isso sem gastar 1 misero real, pois ela pagou tudo

voce vai negar? :haha:
 

Andromeda's Ryder

Quid Est Veritas?
Registrado
nada é regra nessa vida, mas existem sim mulheres que se aproveitam disso e fazem dos caras esses "gado gastronômico"
alias, aconteceu recentemente em um grupo de amigos meu

o amigo A adicionou uma mina no instagram, conversou com ela, chamou ela pra sair. levou ela em um bom restaurante da cidade, gastou cerca de 300 reais. no final deram apenas uns beijos. depois disso eles continuaram conversando, mas o desinteresse dela aumentou, até que pararam de conversar de vez

em seguida veio o amigo B, começou a conversar com ela e chamou pra sair. mesma coisa: levou em um restaurante legal, comeu bem, conta cara. e no final só fico nos beijos

em ambos os encontros ela postou chuva de stories do prato, bebidas etc

ai eu pergunto: essa mina gosta de um gado gastronômico ou nao? :haha:
cara, novamente, tomem vergonha na cara e vai pagar uma GP, mulher nenhuma é obrigada à abrir as pernas porque pagaram um jantar :tnr:

mimimi mãe ela me usou, paguei um jantar e ela não quis dar pra mim! :bua:
--- Post duplo é unido automaticamente: ---

opa, corrigindo, minhas desculpas:

mimimi mãe ela me usou, paguei um jantar, ela postou foto no instagram mas ela não quis dar pra mim no final! :bua:

:deal::nelson:
 

Reefox

Member
Registrado
cara, novamente, tomem vergonha na cara e vai pagar uma GP, mulher nenhuma é obrigada à abrir as pernas porque pagaram um jantar :tnr:

mimimi mãe ela me usou, paguei um jantar e ela não quis dar pra mim! :bua:
leia as 5 primeiras palavras do meu post: nada é regra nessa vida

nenhuma mulher é obrigada a abrir as pernas porque pagaram um jantar. mas SIM, existem as interesseiras nesse sentido

do mesmo jeito que existem mulheres que não curtem dar de primeira com medo do julgamento do cara

e do mesmo jeito também que existem mulheres que foi ao encontro pensando sim em sexo de primeira, mas acabou broxando durante o encontro pq o cara só falava bosta

enfim...
 

Usuários que está vendo este tópico

Topo