Net descarta guerra de preços com chegada da Vivendi ao Brasil

revolts2

New Member
Registrado
http://www.estadao.com.br/noticias/...com-chegada-da-vivendi-ao-brasil,476262,0.htm

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009, 16:40

Net descarta guerra de preços com chegada da Vivendi ao Brasil

RIO DE JANEIRO - A Net, que recentemente tomou da espanhola Telefónica o posto de maior provedora de Internet rápida do Brasil, acredita que a chegada da francesa Vivendi ao país não provocará uma guerra de preços nos serviços de telecomunicações.

A Vivendi anunciou em 13 de novembro a compra do controle da brasileira GVT, depois de uma intensa disputa pelo ativo travada com a Telesp, unidade da Telefónica. Considerando 100 por cento do capital da GVT, o negócio chega a cerca de 4,2 bilhões de dólares.

Para o presidente da Net, José Felix, as empresas do setor já trabalham com margem de retorno apertadas e há pouco espaço para manobra "mágica".

"Se essas empresas se aventurarem num mercado desconhecido, vão pagar um preço alto... Se não houver mudança na estrutura de custos, não tem mágica", disse Félix a jornalistas nesta quinta-feira.

Félix classificou como espantoso o valor pago pelos franceses para a compra da GVT.

Inicialmente, a Vivendi se dispôs a pagar 42 reais por ação da GVT --33,3 por cento a menos que sua oferta vitoriosa de 56 reais por papel. A Telefónica propôs desembolsar 50,50 reais por ação da GVT.

"É um negócio que ninguém entendeu no mercado. O preço pago é espantoso, mas não acredito que venham para fazer loucuras", acrescentou o presidente da Net.

A Net teve no terceiro trimestre margem Ebitda --sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação-- de 27 por cento, um ponto percentual acima da registrada um ano antes.

Maior empresa de TV por assinatura do país e com oferta também de serviços de banda larga e telefonia fixa, a Net pretende investir no ano que vem ao menos 1 bilhão de reais, em linha com o aplicado em 2009.

CELULAR NO PACOTE

A inclusão de serviço celular nos pacotes oferecidos pela Net está sendo analisada por meio de parceira entre a empresa e a operadora de telefonia móvel Claro.

A Net e a Claro tem entre seus principais acionistas as mexicanas Telmex e América Móvil, respectivamente, ambas do empresário Carlos Slim.

A Net não descarta novas aquisições de empresas de TV por assinatura, em especial na região Nordeste.

"O Nordeste mudou, tem mais poder aquisitivo. Começamos como uma empresa para as classes A e B... Penetrar na classe C é fundamental para se dar um salto no Brasil", disse Félix.

A Net terminou setembro com 2,790 milhões de clientes de banda larga, com expansão de 7 por cento sobre junho. A Telefónica, enquanto isso, tinha no final do terceiro trimestre 2,578 milhões de clientes de banda larga, o que representa queda de 5,5 por cento sobre o meio do ano.

A unidade brasileira do grupo espanhol foi proibida em junho pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de vender seu serviço Speedy de Internet rápida após uma série de interrupções de conexão em meses anteriores.

Após cerca de dois meses, no final de agosto, a Telefónica retomou as vendas do Speedy, depois de ter feito investimentos para estabilizar e ampliar a capacidade da rede.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

-----------------

que medo da vivendi. :eek:
estão dando aula para não criarem planos agressivos, a net como professora precisa estudar mais.
 

Danesh_italiano

Antigo By_Zaca
Registrado
a net em muitos locais tem estrutura boa.. aqui em BH nunca tive problema serios.. tem de lançar logo 60mbps, se nao.. gvt no rio e em sp vai monopolizar..
 

TiagoSG

New Member
Registrado
Deixa a Net pensar assim, quando falir não saber o por que.
 

revolts2

New Member
Registrado
Enquanto isso fui ver o video-propaganda da gvt no youtube com 30 segundos e travou mais de 5 vezes, essa é a NET Virtua, limitação em p2p, http, ftp, vpn e etc.

------------

http://www.baguete.com.br/noticiasDetalhes.php?id=3512593

O presidente da NET, José Felix, não acredita que a chegada da Vivendi no mercado brasileiro possa desatar uma guerra de preços.

“Se não houver mudança na estrutura de custos, não tem mágica”, disse Félix a jornalistas nesta quinta-feira, 03.

De acordo com a Reuters, o executivo acredita que as margens do negócio são muito “apertadas” para permitir reduções de preço.

Felix destacou ainda que o valor “espantoso” da operação – se a Vivendi comprar 100% da GVT, os valores chegam a US$ 4,2 bilhões – vai desestimular iniciativas mais ousadas dos franceses

----

Net quer expandir atividades no Nordeste em 2010

http://www.abril.com.br/noticias/economia/net-quer-expandir-atividades-nordeste-2010-621517.shtml

Por Mônica Ciarelli

Rio - A Net chega a 2010 com planos de expandir suas atividades no Nordeste. De olho nesse mercado em expansão, o presidente da companhia, José Antônio Félix, não descarta aquisições. Em 2009, a empresa absorveu duas operadoras de TV por assinatura: a Big TV, que atua em Guarulhos, e a AS90, que oferece serviços em Vila Velha e Vitória (ES).

"O Nordeste mudou. Tem mais poder aquisitivo", afirmou. Segundo ele, a Net hoje ainda é muito focada nas regiões Sul e Sudeste. No Nordeste, a empresa oferece TV por assinatura apenas nas cidades de Maceió, Fortaleza e João Pessoa. O executivo lembra que outra prioridade da Net é aumentar sua presença na classe C. Segundo ele, esse passo é fundamental para a operadora de TV a cabo expandir significativamente seus negócios no Brasil. "O combo é nossa primeira experiência bem-sucedida", explicou. Segundo ele, esse produto, que engloba serviço de internet e telefonia fixa, permite preços mais baixos, o que torna a companhia mais atraente para o público de renda mais baixa.

A intenção da Net é investir em 2010 cerca de R$ 1 bilhão, mesmo valor aplicado em 2009, ano em que a empresa ainda sentiu os impactos da crise mundial. "O ano de crise para a Net foi nota 7. Sem crise poderia ser nota 9". Até o terceiro trimestre, a empresa tinha 3,6 milhões de clientes de TV por assinatura e 2,8 milhões em banda larga.

O presidente da Net não acredita que a chegada da francesa Vivendi ao Brasil irá provocar uma guerra de preços nos serviços banda larga. No mês passado, o grupo francês comprou a operadora de telefonia fixa brasileira GVT por R$ 7,2 bilhões.

O executivo lembra que as empresas do setor já trabalham com uma margem de geração de caixa pequena - a Net opera em banda larga com uma margem Ebitda de 26%. "Não acredito em mágicas", alfinetou. O grupo francês chegou ao Brasil com discurso de reduzir os preços dos serviços em banda larga. Mas, para Félix, o discurso parece "algo meio marqueteiro". E completou: "Se essas empresas se aventurarem num mercado desconhecido vão pagar um preço alto. Sem uma mudança na estrutura de custos não tem mágica." Para Félix, o alto valor pago pela Vivendi para comprar a GVT surpreendeu o setor. "É um negócio que ninguém entendeu no mercado. O preço pago é espantoso, mas não acredito que venham para fazer loucuras", concluiu.
 

Darkz0r

I'll just die another day
Registrado
Sim, net sucks. Os preços mais abusivos e o serviço mais tosco.

Pqp, como o cara não entende pq pagaram isso? INVESTIMENTO, pode não dar certo, mas ALGUMA COISA obviamente eles estão planejando. Nenhum grupo de acionistas milionário faz BURRICE (sempre tem um motivo, por mais improvável que seja).

Net sucks pqp! hehe
 

não quero um nome

New Member
Registrado
tá, então vamos ver quando chegar GVT no Rio e Sampa pra ver se seus preços não abaixarão pra kct, a bOi por incrível que pareça de 160 passou pra 65, incrível, nem terá guerra mesmo, eles já perderam antes de começarem algo
 

BruziN

New Member
Registrado
deixa ele pensa assim, assim que vim a gvt pra cá, cabo pra net
 

GantZ

New Member
Registrado
Eu nao acredito que esse Félix teve coragem de dizer isso. "É melhor ficar calado do que falar *****" -ditado popular
 

Loco_De_Dorgas

Aloc, meys!
Registrado
tá, então vamos ver quando chegar GVT no Rio e Sampa pra ver se seus preços não abaixarão pra kct, a bOi por incrível que pareça de 160 passou pra 65, incrível, nem terá guerra mesmo, eles já perderam antes de começarem algo

Mas esses 65 reais é referente a que velocidade?

Anyway, um corte violento. :lol:

Sobre a notícia, bom, já ouvi uma história, que os caras da Net fornecem BL mais pra orkuteiros e viciados em msn, ou seja, quase zero downloads, neste lado acho dificil haver mudança.


Agora, os ditos "heavy users", migrarão com certeza. Eu com 500k aqui já faço muita coisa, imagina com 10Mbps.

Realmente, perderam a guerra antes do inimigo entrar em combate, e quando elas (Net e Telefônica) forem tomar uma medida desesperadora pra tentar concorer com a GVT, será tarde demais.

Só pra ter uma idéia sa sacanagem dos caras, aqui na rua, passa tv e internet "a gato", e a tv paga não passa. :wacko:

Vai entender essas merdas...
 

Pennant

Preciso reaprender
Registrado
Que moral a NET tem? Aplica cota + TS, ela não tem moral pra falar e espero que seja pisoteada pela vivendi, mas com carinho, porque apesar de não cobrir minha área e talz, se não fosse ela estaríamos numa situação AINDA PIOR.
 

Albertty

É nos que ta!!
Registrado
o medo esta dominando esse povo,acredito que ate ligar pro presidente da vivendi dizendo que aqui no brasil existe regras pra banda larga e que a principal é cobrar muito e oferecer pouco e que caso ele faça ao contrario ele não tera retorno.
 

acarvalho

Active Member
Registrado
Haha vai pensando, é um arrombado mesmo esse felix
 

GantZ

New Member
Registrado
Que moral a NET tem? Aplica cota + TS, ela não tem moral pra falar e espero que seja pisoteada pela vivendi, mas com carinho, porque apesar de não cobrir minha área e talz, se não fosse ela estaríamos numa situação AINDA PIOR.
heuaehuaehuaehu ri dessa parte "com carinho"

mas realmente, temos que reconhecer que a net foi pioneira na era dos MBits

anyway que venha Vivendi/GVT para termos a verdadeira BL
 

Usuários que está vendo este tópico

Topo